Canal do Sertão Baiano visa beneficiar o semiárido do Estado

posted by amoura @ 11:26 AM
29 de abril de 2013

Projeto da Codevasf pretende levar água do Rio São Francisco às bacias hidrográficas dos rios Itapecuru e Jacuípe

Solucionar o problema de abastecimento humano e animal e impulsionar o desenvolvimento regional são os principais objetivos do projeto Canal do Sertão Baiano, criado pela Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf), em fase de formatação. A proposta é levar água do Rio São Francisco às bacias hidrográficas dosRios Itapecuru e Jacuípe para o consumo da população de uma das regiões que mais sofrem com as estiagens na Bahia.

“Esse projeto terá um tratamento especial. Não podemos acabar com a nossa riqueza maior, o Velho Chico”, afirma o presidente da Codevasf, Elmo Vaz. Segundo ele, o Governo Federal – por meio do Ministério da Integração Nacional e da Codevasf – estima investir até R$ 6 bilhões na obra, que já está incluída no Programa de Aceleração do Crescimento (PAC).

Os estudos de viabilidade do projeto do Canal do Sertão Baiano contam com R$ 12 milhões, também já assegurados no âmbito do PAC. A expectativa é de que o edital para a contratação desses serviços seja publicado no Diário Oficial da União, em abril. O início da obra está previsto para 2014.

O desenho inicial do projeto, já apresentado ao Ministério Público Estadual da Bahia e a representantes do governo baiano, além de deputados, prefeitos e vereadores de várias cidades do semiárido baiano, prevê a tomada d’água do reservatório de Sobradinho para ser conduzida, em um percurso de, aproximadamente, 350 km, até a barragem de São José do Jacuípe. Conforme Elmo Vaz, a obra também beneficiará a população das bacias hidrográficas dos Rios Salitre, Tatauí, Tourão/Poções e Vaza-Barris. “A prioridade é o consumo humano. Entretanto, não podemos deixar de reconhecer a necessidade de apoiar as vocações dessas regiões”, ressalta.

Dentro da política de segurança hídrica para o semiárido baiano, considera o secretário estadual do Meio Ambiente, Eugênio Spengler, contar com a água do São Francisco é fundamental, levando-se em conta os cuidados no que se refere à sustentabilidade do rio. “Com esse projeto, que faz parte da estruturação de uma política de plano de infraestrutura hídrica do Estado, estamos diante da possibilidade do uso da água do São Francisco para garantir água para a região e uma estratégia importante para garantirmos uma situação mais favorávelem médio e longo prazo”, afirma o secretário.

Para a viabilização do projeto, Elmo Vaz afirma que o apoio dos deputados estaduais e prefeitos é fundamental. “Hoje, a Codevasf é uma instituição do Nordeste, e todos devem somar esforços para que esta Companhia possa realizar mais do que já tem feito pelo povo sertanejo”.

O presidente do Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio São Francisco (CBHSF), Anivaldo Miranda, considera que a região é muito grande e demanda o consumo de água em escala correspondente. “Nós identificamos na proposta apresentada os ditames necessários para a sustentabilidade socioambiental da bacia do São Francisco”, disse.

One Response to “Canal do Sertão Baiano visa beneficiar o semiárido do Estado”

  1. Confira as notícias publicadas em 30.04.13 | CBH São Francisco  Says:

    […] Canal do Sertão Baiano visa beneficiar o semiárido do Estado – 29.04.13 A Tarde Online CCR do Submédio debate situação do rio em Casa Nova – 29.04.13 Portal Gazzeta Contratação de serviços de recomposição de matas ciliares degradadas e manutenção florestal na bacia do Rio Taquaraçu – 29.04.13 Agrobase […]

Leave a Reply