Confira nesse sábado, no Jornal A TARDE

posted by amoura @ 8:18 AM
11 de dezembro de 2009

Não percam o Caderno Futuro da Água que será veiculado nesse sábado junto com o seu Jornal A TARDE. Vejam a capa do caderno!

Capa do Caderno - 12/12/2009

Capa do Caderno - 12/12/2009


O que falta nessa imagem? Consciência

posted by amoura @ 11:33 AM
3 de dezembro de 2009

An_Futuro-da-água_14,6x26_consciencia


O que falta nessa imagem? Bom Senso

posted by amoura @ 4:32 PM
30 de novembro de 2009

Bom Senso


Alguns dados

posted by amoura @ 10:00 AM
27 de novembro de 2009

Sei que muitos desses dados já são bastante conhecidos, mas acho que vale a pena relembrar a todos, já que de grande importância ter idéia de quão pouca água temos disponíveis para o consumo.

O planeta Terra tem 3/4 de sua superficie coberta de água, entretanto, só 1% de toda essa água está disponível para nosso consumo diário. 97% está como forma de mares e oceanos, 2% como geleiras e neve.

Desse 1%, encontramos boa parte em aquíferos e águas subtrrâneas. Muito pouco disponíel livremente em rios. E muitos desses, como já vimos nesse blog, completamente poluídos e em uso para quaisquer finalidade.

Do total de água que consumimos:

  • 42% são consumidos na agricultura (por isso o combate ao uso de fertilizantes e agrotóxicos em geral deve ser tão combatido, afinal, volta para a terra e aquíferos, contaminando todo o solo);
  • 39% é usada para gerar eletricidade;
  • 11% usamos em nossas casas, trabalhos e hoteis;
  • 8% em atividades industriais.

Esses números foram encontrados em materiais da Expo Zaragoza 2008, a maior e mais importante reunião global que discutiu sobre a água na capital da província de Aragão, na Espanha, no ano passado.

De fato o mundo tem muita água. Contudo, água potável e disponível para o consumo está cada vez mais escassa e por isso devemos previnir a poluição e o zelar pelo uso racional da mesma.

Esse texto foi enviado por Osvaldo Arruti Lyrio. Publicitário e graduando em administração, ele é um colaborador voluntário do blog Futuro da Água de A TARDE.


Nosso muito obrigado!

posted by amoura @ 6:36 PM
26 de novembro de 2009

OBRIGADA

Nós do Projeto Futuro da Água e todos os alunos das escolas visitadas, os leitores dos cadernos especiais, os internautas que acessam o blog e os ouvintes dos programetes de rádio agradecemos a vocês que nos apoiaram nesse 4º ano do projeto.

Muito obrigado a Petrobrás, Vega, Prefeitura Municipal de Salvador/SECULT, Gambá (Grupo Ambientalista da Bahia) e da Embasa.

Sem vocês esse projeto não seria viável. Vocês provaram que educação ambiental é de suma importância não somente para o futura da água, mas de toda a humanidade.

patrocinadores


Conheça a equipe do Futuro da Água

posted by amoura @ 6:06 PM
26 de novembro de 2009

Pois bem, pessoal! Conheçam a equipe do Projeto Futuro da Água que já visitou 32 escolas em Salvador sem contar com os outros anos, levado palestras sobre educação ambiental com foco nos recursos hídricos e muita diversão para mais de 4.000 crianças. Além disso, o projeto envolve 04 cadernos especiais publicados no jornal A TARDE (01 já veiculado e 03 a serem ainda encartados), este blog e progametes na rádio A TARDE FM.

O próximo caderno especial será veiculado ainda esse mês.Fiquem atentos!

Um abraço,

EQUIPE DO FUTURO DA ÁGUA


Futuro da água na Escola Municipal Syd Porto Brandão

posted by amoura @ 5:29 PM
26 de novembro de 2009

Hoje foi dia de conscientização na Escola Municipal Syd Porto Brandão, em São Rafael, Salvador. Cerca de 180 crianças participaram de uma palestra com José Augusto, da Embasa e, logo em seguida, a brincadeira rolou solta com a palhaça Bolinha. Vejam as fotos, por Aleile Moura.


Conscientização na Escola Municipal Arlete Magalhães

posted by amoura @ 11:47 AM
26 de novembro de 2009

Essa semana a equipe do Projeto Futuro da Água visitou a Escola Municipal Dona Arlete Magalhães, no bairro de Castelo Branco, em Salvador. Confira as fotos de mais uma ação de conscientização a favor do uso racional da água.

Crédito das Fotos: Aleile Moura


O Futuro da Água visitou hoje a Escola Municipal Vale das Pedrinhas

posted by amoura @ 9:12 PM
18 de novembro de 2009

foto blog copy

O Projeto Futuro da Água visitou hoje (18/11), a Escola Municipal Vale das Perinhas, no Vale das Pedrinhas, levando muitas dicas de preservação da água e uma anumação com o Palhaço Bolinha, da turma da Gabitica.

A palestra foi proferida por José Augusto Leite, técnico da Embasa, que falou sobre como podemos economizar a água no nosso dia-a-dia. Na hora do banho, por exemplo, para economizar água, é necessário que enquanto se ensaboa, o chuveiro esteja fechado, voltando a ligar apenas quando for se enxaguar. Assim é possível economizar bastante água.

Devemos economizar água em qualquer circustância!!!


Futuro da Água no A TARDINHA

posted by amoura @ 1:48 PM
18 de novembro de 2009

Futuro da Água

A TARDINHA | Qual o principal problema envolvendo a água em Salvador? Como pode ser re s o l v i d o ?

LUIZ RO B E RT O MORAES | A modificação que o homem faz no meio ambiente, a forma atual de produção e o nosso padrão de consumo, que é grande e desperdiça muita água. Em Salvador não é diferente. Consumimos e desperdiçamos muita água. A modificação do modo de produção e de consumo, bem como a educação ambiental, podem combater o problema.

AT | Os rios que abastecem Salvador têm água suficiente para a população?

LRM | Têm. Os rios Joanes/Ipitanga, Jacuípe e Paraguaçu têm água suficiente para abastecer toda a população de Salvador. Além disso, se usarmos de forma adequada a água do subsolo (subterrânea), a disponibilidade de água doce fica muito maior. Melhor ainda é aproveitar a água de chuva que cai no telhado de nossas casas ou nas áreas da cidade (em geral tratada como esgoto pluvial). Também deveremos recuperar os rios de dentro da cidade, atualmente poluídos, como o Cobre (ainda utilizado), Pituaçu, Pedras, Jaguaribe, Camarajipe, dentre outros e, não destruí-los ou enterrá-los, como aconteceu com o Rio dos Seixos (aquele da avenida Centenário que não podemos mais apreciar).

AT | Por que nem todos os bairros de Salvador possuem água?

LRM | Porque o abastecimento de água ainda não é universalizado (para todos) e a distribuição é desigual. Quem pode pagar mais tem maior disponibilidade de água. Precisamos acabar com essa desigualdade, pois ter acesso à água em quantidade e qualidade é um direito de cidadania!

AT | A população pode confiar na água que chega a suas casas?

LRM | Sim, pois a água distribuída pela rede (tubulações nas ruas) é antes tratada pela empresa concessionária (a Embasa) que tem a obrigação de fazer o controle de qualidade e informar aos usuários. Hoje essa informação aparece na conta de água. A Secretaria de Saúde da Prefeitura Municipal de Salvador também tem a obrigação de fazer a vigilância da qualidade da água de consumo humano. Na minha residência, eu e minha família, consumimos água proveniente apenas da rede pública de distribuição.

*Entrevista retirada do caderno A TARDINHA/2008